Verdades Ocultas trata-se de um fórum voltado a ocultismo, espiritualismo, simbolismo, teoria da conspiração, assuntos paranormais e cultura pop!
 
InícioCalendárioGaleriaFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Pratica Goetia

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Flammus
Admin
avatar

Mensagens : 117
Pontos : 174
Data de inscrição : 05/10/2011
Localização : Planices do Éden

MensagemAssunto: Pratica Goetia   Seg Out 31, 2011 6:08 pm

Goetia (Goecia) é um conjunto de técnicas e procedimentos cerimoniais que visam evocar demonios para que eles venham a obedecer o magista.

Através destas técnicas o magista se utiliza dos demonios sem que o dmonio exerça influencia sobre o magista. Para isso, sao utilizados uma série de selos e chaves de proteçao, objetos em específico além eh claro de um grande conhecimento sobre astrologia, que mais tarde eu explicarei o porque, todas explicadas ensinadas e detalhada na Goétia...

O Goétia que por sua vez pode ser específicado como um catálogo com o nome dos demônios, com os objetos cerimoniais e todas as especificações necessárias para a pratica.

Estipula-se que o goétia teria sido escrito pelo mago Salomão, o mesmo da bíblia, embora alguns digam que a prática seja de origem bárbara devido ao próprio som dos gritos que seriam pronunciados durante os rituais, considerado como um conhecimento bárbaro tanto por sua utilização também durante a idade media, há quem diga que o criador do goetia seria o mago Aleyster Crowley, pois o mesmo se vangloriava de já ter evocado todo e qualquer demônio conhecido, há aqueles que incubem sua pratica e criação a John Dee, o desenvolvedor das praticas enochianas, aqui passo apenas os conhecimentos que adquiri durante minha vida, não me importando se alguém vai concordar ou não, afinal cada um tem seu conhecimento e quem quiser postar sobre conhecimentos próprios eh livre para isso aqui também.

Segundo um estudioso do assunto (Kenneth Grant), Goetia significaria "sussurro", o que a ligaria a "árvore da Morte", um conceito cabalí¬stico que mais para frente pretendo explicar em um tópico sobre a Cabala.
Mesmo esta teoria indo contra aquilo que aprendi.

Na Goetia sao utilizadas duas técnicas bastante comuns no Ocultismo. A INVOCACAO e a EVOCACAO.
(também preciso abrir um tópico sobre isso)


Segundo alguns estudos(inclusive da Cabala) todos os seres derivam do nome de DEUS, o "SHEMHAMPHORASH" (lembrando que estou falando primeiramente de algo como todos falam, daqui a pouco explico meu aprendizado)

Como vivemos em um mundo de dualidade, ele se desdobra em um feixe de luz e sombras, pois toda parte tem uma contra-parte oposta...gerando dessa forma 72 ANJOS e 72 DEMíôNIOS.

Na verdade, segundo a teoria das Leis Herméticas, esses 72 seres seriam um só, divididos em dois.

Esse nome de Deus, o SHEMHAMPHORASH é essencialmente um nome que se divide em dois aspectos...
* "LVX" (árvore da Vida)
* "NOX" (árvore da Morte)

Tanto em LVX, quanto em NOX ha 72 dois anjos e 72 demônios...

A Goétia é uma prática Mágicka q se dedica exclusivamente í evocaçao dos 72 demí´nios de LVX (írvore da Vida).
Esses seres sao algo como o contra-ponto dos 72 anjos cabalí¬sticos.

A principal caracterí¬stica da GOETIA , é que os praticantes deste segmento consideram os seres ali registrados não como demônios, mas sim como deuses e que seriam até benéficos.

Os praticantes da Goetia consideram olhar esses seres como demônios uma forma de preconceito.(o que não eh o meu caso, pois realmente os considero demônios.)

Alguns deles aqui mostrados, pode-se perceber que são até mesmo mencionados na bíblia, como sendo adorados por outros povos. Um exemplo seria o Demônio Baal.

Uma vez que esses seres, ou melhor, alguns desses seres, aparecem nos mais diversos segmentos relacionados ao Ocultismo, é importante que se tenha ao menos um estudo e conhecimento básico sobre o assunto.






Apesar disso, em muitas vertentes de magia muitos ainda consideram esses seres demônios e apenas entram em contato por considerá-los entidades malignas, com o intuito de mandar maldiçoes, realizar pactos, obter poder e bla, bla, bla...


Assim como os Anjos Cabalí¬sticos, cada um dos seres da Goetia comanda e tem influência sobre algo especí¬fico. Ao qual mais para frente iremos ver exatamente este controle e esta influencia.
Alguns deles ensinam astrologia, artes entre outras coisas, o magista normalmente realiza a evocação para obter este conhecimento.

Para o praticante da Goetia, esses seres deveriam ser evocados para o aprendizado dessas artes. Mas vale lembrar que o poder corrompe...

Assim,o magista escolhe um desses seres especí¬fico para contato direto por afinidades que tem com ele.

Cada um desses seres Goeticos possui uma forma diferente, e cada um deles possui um "SELO", uma marca que o identifica e que é utilizada para chamá-lo. (bem mais para frente, pretendo falar sobre estes “selos”.

O conceito dos selos é algo interessante, uma vez que é um sí¬mbolo que identifica um espí¬rito. (e que irei explicar também em um outro tópico algo que ira desanuviar as duvidas milenares...)

Outra caracterí¬stica é que cada um desses seres comanda legiões de espí¬ritos. (demônios menores)

Os 72 seres da Goetia se dividem em uma hierarquia infernal complexa.
Sao divididos em Reis, Prí¬ncipes, Duques, Marqueses e nomeclaturs do tipo.


Os rituais Goéticos sao muito complexos, e utilizam-se de uma série de instrumentos mágicos, selos e chaves...

Esses ritiuais estao baseados em antigos Grimórios Medievais, nas Claví¬culas de Salomão (é o nome de um livro, porém acredito que seu nome tem um propósito e uma verdade oculta) e outras obras obscuras.
O principal livro sobre Goetia é conhecido como "Liber Sameck".

Vários demônios Goéticos tem diferentes pronúncias e nomes, como Asmoday, que em Portugues é conhecido como Asmodeu...criando assim uma confusao sendo que alguns demônios Goeticos sao sinonimos de divindades de outras religiões e mitologias antigas.

Podemos entao concluir que muitos desses demônios sao antigos deuses de povos conquistados, ou inimigos de judeus.

Outros consideram que esses demônios são Egregores...divindades criadas através de sacrifí¬cios humanos, de sangue, e em muitos aspectos só tornaram-se demônios devido ao pensamento forte e fixo dos cristãos durante a idade média que considerava tudo que não fosse divino, como sendo demoníaco.

E ainda há a teoria que eles podem também terem sido pessoas como nós, que já andaram pela terra.é de conhecimento geral que muitas divindades foram pessoas como nos, que acabaram atingindo o status de "santidade" ou "divindade"... a um xemplo básico disso se tem o catolicismo que tem sempre a mania de “betificar”aqueles que seriam unos em seus desígnios religiosos, transformando-os em santos a serem adorados.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://verdadesocultas.forumeiros.com
Flammus
Admin
avatar

Mensagens : 117
Pontos : 174
Data de inscrição : 05/10/2011
Localização : Planices do Éden

MensagemAssunto: Re: Pratica Goetia   Seg Out 31, 2011 6:12 pm

MinhA ViSãO SobrE O GoeTIa e sUA Criação


O goetia se compõe de várias compilações e até mesmo de diversos “catados”de outras obras, uma dessas obras seria chamada de clavícula de Salomão ou até mesmo chave de Salomão e chave menor de Salomão.

Quem era Salomão?

Salomão era conhecido como o homem mais sábio do mundo segundo a bíblia, alguns até se referiam a ele como o mago Salomão, muitas pessoas observam certas dicas mas o cinismo modernos os condiciona a não ver o que esta em sua cara, digo aqui que muitas verdades são colocadas a visão para que pareçam realmente escondidas.

Tenho um texto antigo que a muito tempo atrás, quando a internet estava apenas engatinhando, eu cabei garimpando da mesma, o engraçado eh que depois naum mais localizei este texto, devo lembra-los que antigamente a internet deveria ser uma forma de mídia controlada, hoje em dia não eh mais assim, mas até então naum temos garantia que voltara a ser, então aproveitem oq eu tenho postado aqui ate o dia em que decidam nos tirar da rede.

“... e Salomão aquele que era o mais sábio e escolhido por Deus, já se encontrava possuido por uma curiosidade sem limites, onde perseguia todas as formas de conhecimento, tentando localizar a melhor forma de fazer o trabalho a Deus, sem se dar conta que já caminhava pela estrada inversa.
Ora, Salomão possuía 700 esposas e 300 concubinas, mas este não foi o motivo pelo qual Deus veio a desgostar dele. O que levou Salomão a esta situação seria o fato de que entre suas concubinas estavam filhas, descendentes do clã de Lilith, as quais em suas caricias ainda ensinavam a Salomão a arte de se comunicar, com aqueles que seriam o antigo exercito de Deus e que caíram antes dos primórdios, essas hostes que antes eram celestiais e decidiram descer para serem adoradas. Hostes essas que possuíam a adoração de diversos povos inimigos do povo de Deus, os quais Salomão desejava de todas as formas impedir de propagar o mal contra Deus, caindo desta forma, longe dos olhares de Deus...”

Esta eh so parte o texto que havia conseguido a muito tempo atras e que acaba por responder muitas das perguntas, existe uma outra parte que irei colocar mais a frente, lembro que quando achei este texto, ele se encontrava em uma pagina de comunicação de um grupo conhecido que por muitas vezes eh conhecido como “os detentores dos segredos mais antigos da humanidade” aos quais não cabe maiores especificações, se analisarmos até pelo contexto entende-se que na época havia a tentativa de se “frear”os meios de comunicação, hoje em dia na internet lê-se e escuta-se muito d que não podemos acreditar em tudo que aparece, eu entretanto acredito no conteúdo deste texto, esta eh uma verdade que encontrei, independente do que digam.

Analisando mais a fundo, Deus criou os anjos, os mesmos se rebelaram, na terra, transformaram-se nos deuses das antigas religiões, Deus estava insatisfeito com esta idolatria a todos os seus anjos agora caídos, Salomão sabia exatamente desta insatisfação, tentou achar as melhores formas de acabar com os inimigos de Deus, aprende a forma de evocar, invocar e até aprisionar as entidades, em seu raciocínio estava fazendo o correto, porém, perdeu o fio da meada, havia todos estes dados guardados em tomos antigos, o templo de jerusalém eh atacado, saqueado e destruído, os tomos são levados, durante a idade média se dissemina a prática com bases em escritos do próprio Salomão pela parte dos cavaleiros templários, os tomos são multiplicados e se disseminam por todo o planeta, hoje, garotos interessados realizam o ritual de evocação e fazem muitas “cacas” por ai, enfim, estamos como estamos hoje, podem chamar de teoria de conspiração, loucura ou que lhes calhar, foi desta forma que aprendi.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://verdadesocultas.forumeiros.com
Flammus
Admin
avatar

Mensagens : 117
Pontos : 174
Data de inscrição : 05/10/2011
Localização : Planices do Éden

MensagemAssunto: Re: Pratica Goetia   Seg Out 31, 2011 6:15 pm

Instrumentos e vestimentas


A Baqueta


A baqueta ( ou cajado), se comparada com os outros instrumentos da ARTE, pode ser considerada, sem sombra de duvida, o mais importante entre eles. Sendo essencialmente um símbolo fálico, o bastão apresenta a presença e o poder do eu criador e da vontade manifesta do magista. O bastão deve assim ser reto e poderoso, uma figura digna de sua força divina. (Note "E ele regerá as nações com a vara de ferro" Apc 2,27). A baqueta representa por extensão o equilíbrio mágico, pois corresponde, na arvore da vida ao pilar do meio, cuja soma é 463 - consulte para isso o SEPHER SEPHIROT de A. Crowley. Portanto ela é o caminho que conduz diretamente do reino a coroa e vice versa. Ou seja, através dela é que a energia descerá do céu até a terra, pelo fio condutor de cobre que a varinha deveria ter segundo a tradição, como é exposto em algumas clavículas de Salomão; o cobre aqui representaria o amor que une os dois pólos imantados e conduz a energia, pois é um metal correspondente a Vênus: a amante. além disto, seria desnecessário dizer que a baqueta é essencialmente dupla assim, tal como a eletricidade tem nos circuitos seu veiculo de atuação a baqueta seria então este veiculo que corresponde ao transmissor da ordem do agente para o objeto Diversos autores poderão lhe dar descrições detalhadas sobre a confecção deste artefato, se, por exemplo, as orientações de Lévi sobre a aquisição da baqueta forem seguidas, então “esse instrumento deveria confeccionado de um galho perfeitamente reto da amendoeira ou aveleira, galho este cortado da árvore sem entalhamento e sem hesitação de um só golpe com uma faca afiada. Isso deve ser feito antes do nascer do sol e na estação em que a árvore estiver prestes a florescer. O galho deverá ser
submetido a um meticuloso procedimento de preparação, sendo despojado de suas folhas e brotos, as ascas removidas e as extremidades aparadas cuidadosamente e os nós aplainados” Segue-se daí mais diversas instruções que podem ser lidas em Dogma e Ritual de Alta Magia. Esta forma de aquisição da baqueta, não é a única, mas guarda algo em comum com todas as outras. É demorada, complicada e desafiadora. No final de contas, o mais importante é o exercício e desenvolvimento da vontade submetido a uma forte prova. Nas palavras de Israel Regardie, em A Árvore da Vida: "O mago que se incomodou a ponto de se levantar duas ou três vezes á meia-noite por seu bastão, negando-se o repouso e sono, terá pelo próprio fato de ter assim agido, se beneficiado consideravelmente no que diz respeito à vontade". Ou como Eliphas Leví completou em Dogma e ritual da Alta magia: “O camponês que cada manhã se levanta às duas ou três horas e caminha para longe do conforto de sua cama para colher um ramo da mesma planta antes do nascer do sol, pode realizar inúmeros prodígios simplesmente portando a plana”. É por isso que uma baqueta comprada ou ganhada de presente não têm qualquer valor para o adepto. Sendo conquistado a duras penas a baqueta passa a representar a palavra, o verbo ativo da vontade direcionada. Só tendo a própria vontade sob controle tem-se controle sobre as vontades alheias e o magista fará isso através da sua baqueta. Não é a baqueta que deve controlar o mago, mas o contrário. Também não é aconselhável que se perca tempo com brincadeiras inúteis ou com fantasias estilo ocus pocus porque a baqueta, assim como a vontade do operador deve ser considerada no mais absoluto respeito uma vez que é um instrumento de criação, fruto de sua mais forte vontade. Tal como um homem castrado, o magus sem a baqueta nada pode fazer senão destruir. Por sua importância e valor a tradição sempre defendeu que a baqueta deveria ser a medida de todo o templo. Como está escrito: “Foi me dada uma vara como régua com as palavras: "Eleva-te e mede o templo de Deus, o altar e aqueles que nele adoram.” [Apc 11,1]. Ela deveria, portanto, ser do tamanho do antebraço, do palmo ou da pegada do magista e a partir desta medida básica seriam feitos o altar e expostos os demais instrumentos ao redor do mesmo. Mas todos estes detalhes técnicos só estão aqui colocados com o fito único de expor de maneira sucinta a proporção da importância deste instrumento e o poder que ele representa dentro do circulo. E assim o magista poderá conhecer a arte da baqueta com a qual fará as invocações e comandará os espíritos conforme o maestro rege sua orquestra.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://verdadesocultas.forumeiros.com
Flammus
Admin
avatar

Mensagens : 117
Pontos : 174
Data de inscrição : 05/10/2011
Localização : Planices do Éden

MensagemAssunto: Re: Pratica Goetia   Seg Out 31, 2011 6:25 pm

O Círculo Mágico






O desenho do Círculo Mágico, com escritos em Hebreu




O LEMEGETON nos trás O círculo (figura acima já com as cores corretas) em sua forma tradicional como utilizado na Teurgia Qabalistica desde os primórdios do velho aeon. Este é rodeado de quatro pentagramas (contendo o Tetragrammaton), nos quais em cada um uma vela irá arder durante o ritual. Embora seja dito que o circulo deva ter o diâmetro de 9 pés [2,97m], a verdade é que muitas pessoas simplesmente não dispõem de um espaço grande os suficiente para seus rituais. O tamanho só é importante no tocante de ter-se liberdade o suficiente de movimentação. A serpente enroscada só é mostrada em alguns casos, os nomes hebraicos na maioria das vezes são simplesmente escritos em forma espiralada entre os dois círculos. Devemos lembrar que, ao contrario do português, o Hebraico e sempre da direita para esquerda. Estes nomes são os nomes divinos ou de Anjos e Arcanjos identificados pelos cabalistas como pertencentes a cada uma das nove primeiras Sephiroth ou emanações divinas. As pequenas cruzes de Malta são usadas para marcar separação. A Tradução para o português corrente começando da cabeça da serpente é:

• Ehyeh Kether Metatron Chaioth Ha-Qadehs Rashith Ha-Galgalim
• lah Chokmah Ratziel Auphanim Masloth
• Iehovah Eolhim Binah Tzaphquiel Aralim Shabbathai
• El Chesed Tzadquiel Chaschmalim Tzedeq
• Elohim Gibor Geburah Kamael Seraphim Madim
• Iehovah Eloah Va-Daath Tiphereth Raphael Malakim Shemesh
• Iehovah Tzabaoth Netzach Haniel Elohim Nogah
• Elohim Tzabaoth Hod Michael Beni Elohim Kokav
• Shaddai El Chai lesod Gabriel Cherubim Levanah
Que fique claro ara o adepto que estes mesmos nomes não constituem um dogma imutável. pode-se escolher livremente um ou vários nomes com os quais o Magista tenha especial afeição, desde que as cores respectivas e o simbolismo básico no que se refere à distribuição destes nomes no circulo sejam convenientemente respeitados. É de se esperar que os Magistas percebam logo que os nomes divinos na invocação, aqueles utilizados para submeter as entidades não é outro senão o próprio Magista. "Não há deus senão o homem" Liber AL. De fato, dentro do circulo o magista é Deus Absoluto e único é o espírito que ordena os quatro elementos designados em cada quadratura. O circulo é usado para afirmar e caracterizar a natureza da obra a ser executada e é por excelência o campo de atuação da vontade do magista. Ora, se o mago é o elemento principal, o espírito, nada mais adequado que ele seja identificado com o principio, e, portanto o portador do verbo. Sem o espírito toda a matéria seria um caos desordenado e estéril, posto que é o espírito que dirige e organiza os elementos no ato de creação (ou criação, com o queira). O circulo é, portanto apenas uma representação simbólica do universo, ao traçar o circulo, o adepto traça o seu espaço infinito, dentro do próprio infinito, o todo dentro de tudo em sua manifestação mais obvia. Sendo infinito fica claro o porque da figura ser um circulo e não um triângulo ou um quadrado; afinal, muito embora o circulo se identifique de modo bastante explicito com estes polígonos como é do conhecimento dos Adeptos mais avançados e experientes, “No circulo de atuação”, como nos lembra Eliphas Lévi, “o Mago cria aquilo que afirma.” O que ele afirma nos limites do seu circulo esta automaticamente manifesto. O Magista é aquele que diz e é feito. A palavra ABRAHADABRA [eu crio enquanto eu falo] é um exemplo tanto desta doutrina como do que é feito em qualquer trabalho mágico.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://verdadesocultas.forumeiros.com
O Essencialista
interessado
interessado
avatar

Mensagens : 34
Pontos : 42
Data de inscrição : 24/10/2011

MensagemAssunto: Re: Pratica Goetia   Sab Nov 05, 2011 10:57 am

Flammus escreveu:
O Círculo Mágico






O desenho do Círculo Mágico, com escritos em Hebreu




gostaria de dar somente uma pauta sobre o tema.

o que acima é dito como Circulo magico ao que eu estudo é conhecido como "Sigilo", uns falam Sigilo alquimico, magico ou ate outros, mas sempre sigilo.

por que sigilo ?
poque somente quem fez, ou que conhece quem fez e suas praticas , ou pelo menos suas praticas em si ou uma variavel de estudos, sabera o que aquilo significa, sendo algo sigiloso aos olhos mundanos, existem familias bruxas ou mesmo alquimicas que contem em seus muros seus proprios sigilos, e somente os participantes daqueles meio sabera o que aquilo realmente significa.

PS: me corrija se eu estiver errado, e nao digo que estou correto por nao conhecer tao a fundo, porem sei que existem os 72 anjos e 72 Demonios da Haabala ( Cabala ) contendo cada um deles sei selo proprio ( simbolo e nome ).
porem sobre os anjos ainda estou estudando,e por isso peço que tire minha suvida sobre os 72 anos e demonios, mas eu vou atraz tambem de respostas nesta area junto a um amigo que pertence a Caabala a uns 12 anos, ele deve me orientar neste ponto e eu virei aqui, porem eu mesmo estou no inicio nesta area, ainda estudando a Sephirot ( bem complexo isso ) e a Flammus peço auxilio sobre a pauta em questao.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Magane
interessado
interessado
avatar

Mensagens : 53
Pontos : 65
Data de inscrição : 05/10/2011

MensagemAssunto: Re: Pratica Goetia   Seg Nov 07, 2011 6:46 pm

Caroamigo Essencialista, o Administrador Flammus esta em uma especie de retiro espiritual, afastando-se temporariamente do fórum, o mesmo, pediu que eu respondesse sua pergunta da seguinte forma:

"pretendo explicar mais para frente sobre ambas entidades de forma mais aprofundada neste mesmo topico, estou sem tempo ultimamente, pois estou em uma fase de transição, passei alguns posts para o administrador Magane postar em meu nome. Espero que compreenda e continue acompanhando o tópico."

Ele também me solicitou para fazer o seguinte pedido, me disse que no dia em que o convidou a entrar no fórum, voce havia dito que teria outras pessoas em mente a tambem entrar no forum, que seriam seus aprendizes, gostaria tambem de formalmente solicitar que voce pudesse chama-los para aprender e tambem passar experiencias, façamos de nosso forum um bom lugar para todos que apreciam o ocultismo.

agora retornando e dando continuidade ao tópico de acordo com e-mail recebido por Flammus.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Magane
interessado
interessado
avatar

Mensagens : 53
Pontos : 65
Data de inscrição : 05/10/2011

MensagemAssunto: Re: Pratica Goetia   Seg Nov 07, 2011 6:58 pm

Eh muito importante ressaltar a necessidade de aprender todos os materiais usados antes de passarmos a um estudo mais aprofundado sobre o goetia, portanto vamos seguir com os materiais:



O Triângulo de Manifestação, ou Triângulo Mágico



Esta é a forma do triangulo usado para comandar os espíritos goéticos. Deve ser feito com 2 pés [66cm] de distância do círculo mágico e tem 99cm de diâmetro (ver figura acima). Da mesma forma que o circulo, o triangulo pode ser feito com giz ou fita adesiva. Alguns magistas se acostumaram a usar uma folha grande de papel cartão preto com os nomes em dourado. O triangulo deveria estar sempre apontado para a direção a qual pertence o espírito invocado e a base do triângulo fica de qualquer forma sempre para o lado do circulo. O triângulo é, em si mesmo um símbolo filosófico perfeito de manifestação. Representando as primeiras manifestações cósmicas ou as três Sephiroth maiores dos mundos superiores, o tangível daquilo que anteriormente era pensamento, invisível e metafísico. Tal como a primeira tríade representa a primeira manifestação completa do círculo de Ain Sofh, do mesmo modo em Goétia, o triangulo é responsável pelo manifestar-se dos poderes que estavam até então ocultos para os olhos vulgares. Do círculo da consciência, que é o universo do mago, uma idéia partitiva e especial é convocada à manifestação no interior do triângulo.




[img] [/img]


Última edição por Magane em Seg Nov 07, 2011 7:09 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Magane
interessado
interessado
avatar

Mensagens : 53
Pontos : 65
Data de inscrição : 05/10/2011

MensagemAssunto: Re: Pratica Goetia   Seg Nov 07, 2011 7:08 pm

Hexagrama de Salomão



Eis o Hexagrama Salomônico, o qual deve ser confeccionado com pergaminho preparado com a pele de uma vitela e usado sobre a saia de vosso robe branco e coberto com o pano de linho branco e será mostrado ao espírito quando este se manifestar, compelindo-o a tomar forma real e tornar-se dócil. Um Hexagrama é uma estrela de seis pontas. Formada por dois triângulos sobrepostos. A interpretação tradicional vê nele um triângulo feminino, “aquoso” ( orientado para baixo ) e um masculino ígneo” (orientado para cima). Representam o universo dualístico em perfeita harmonia. Basicamente o sistema Goétia estabelece que quando o Hexagrama é mostrado para o espírito este irá obedecer seu possuidor. O Hexagrama deve ser mantido coberto até o espírito ser invocado. A Tradição diz que o hexagrama deverá ser mantido sob as vestes cerimoniais até o momento de comandar o espírito, mas pode alternativamente ser colocado de frente para o triangulo e coberto com um pano. Obviamente ele não tem que ser feito necessariamente de pergaminho, podendo ser desenhado inclusive em sulfite e papel cartão.




[img][/img]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Magane
interessado
interessado
avatar

Mensagens : 53
Pontos : 65
Data de inscrição : 05/10/2011

MensagemAssunto: Re: Pratica Goetia   Sex Nov 18, 2011 5:46 pm

O Disco de Salomão


Esta é a forma do anel ou disco de Salomão. Deve ser de prata ou ouro e usado diante da face do magista para preservá-lo das emanações sulforosas provenientes da respiração fétida flamejante dos espíritos infernais. Em termos práticos é um artefato de proteção usado somente em situações emergenciais. Se por algum motivo a situação sair fora de controle, possuir o anel ou o disco de Salomão será uma garantia de sua segurança. Raramente usado o disco é mais mantido com o conjurador durante o ritual por motives de precaução. A maioria das joalherias de hoje possuem serviços de gravação que poderá ser útil na criação tanto deste como de outros acessórios.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Magane
interessado
interessado
avatar

Mensagens : 53
Pontos : 65
Data de inscrição : 05/10/2011

MensagemAssunto: Re: Pratica Goetia   Sex Nov 18, 2011 5:54 pm

O Selo Secreto de Salomão



Este é o selo secreto com o qual Salomão selou a Arca de Bronze na qual confinou os espíritos e suas legiões. Aquele que for criá-lo deve purificar-se interna e externamente, não ter intercurso sexual no espaço de um mês e entregar-se em orações e preces para que Deus perdoe seus pecados. Deve de ser feito no dia Marte ou Saturno (Terça ou Sábado) a meia noite, e ser escrita num pergaminho virgem com o sangue de um galo preto virgem. A lua deve estar exaltada (de nova para cheia)na casa zodiacal de Virgem. E quando o selo estiver pronto deve ser incensado com alumen e pedaços secos de aloés secos ao sol, e também de tâmaras e liga ou seiva de cedro. Além de selar a Arca de Bronze com este selo, este possui também virtudes de atrair a simpatia de toda sorte de pessoas e livrar dos perigos do fogo, da água e domínio em todas as batalhas.







Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Pratica Goetia   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Pratica Goetia
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» GOETIA Onde tudo começou
» [Tutorial] Como ser um Bruxo
» A mochila squirtle.
» Igreja Jashin
» Treino- 5 Ninjutsu em pratica

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Verdades Ocultas :: Mistérios do Ocultismo :: Ocultismo :: Ocultismo :: Praticas e açoes-
Ir para: