Verdades Ocultas trata-se de um fórum voltado a ocultismo, espiritualismo, simbolismo, teoria da conspiração, assuntos paranormais e cultura pop!
 
InícioCalendárioGaleriaFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 *** Rasputin ***

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Flammus
Admin
avatar

Mensagens : 117
Pontos : 174
Data de inscrição : 05/10/2011
Localização : Planices do Éden

MensagemAssunto: *** Rasputin ***   Seg Out 24, 2011 4:05 pm

Rasputin, o Monge Louco -



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



"O Monge louco". Foi com esse apelido funesto que o monge russo Grigori Yefimovich Novykh, nascido em 1872 e morto em 1916, entrou para a história universal da infâmia. Analfabeto, longas barbas, ar sombrio, Novykh ou Rasputin -"o depravado", em russo - gozou de raríssimos privilégios junto a corte do czar Nicolau II, o último a reinar sobre a Rússia. Mandava e desmandava. Dava conselhos. Impunha sua vontade, Nada mal para quem amargara uma infância paupérrima e obscura na enregelante Sibéria.
Pouco se sabe, aliás, sobre a trajetória de Rasputin durante seus primeiros 40 anos de vida: uma viagem ao Oriente Médio, um casamento, algumas peregrinações. Sabe-se que era membro da seita Khlisti, banida pela Igreja Ortodoxa por pregar que todos os desejos dos homens deveriam ser satisfeitos. O certo é que ele começou a palmilhar o caminho para a duvidosa fama em 1908. Foi nesse ano que o czar, desesperado com as constantes crises hemorrágicas do filho hemofílico Aleksei - que médico algum conseguia curar -, resolveu apelar para aquele curandeiro que freqüentava os salões do seu palácio.



No início, Nicolau II chegou a desconfiar de Rasputin. O czar temia que a notícia sobre a hemofilia do herdeiro da coroa chegasse aos ouvidos da população e prejudicasse a aceitação do jovem Aleksei. (Que, na verdade, nunca chegou a subir no trono, porque em 1917 seu pai foi deposto pela Revolução Russa). O fato é que Rasputin conseguiu debelar o mal do herdeiro - provavelmente obra do acaso, mas que foi encarada como um milagre. Era a consagração. A partir desse episódio, os Romanov definitivamente estavam no bolso do "monge louco".
Eufórica com os bons resultados operados sobre a saúde do filho, a imperatriz Alexandra passou a confiar cegamente em Rasputin. Descobertas recentes, sugerem, inclusive um tórrido romance entre o monge e a imperatriz. Só para se ter uma idéia do alcance da sua influencia, ele tinha poderes suficientes dentro da corte para nomear cargos do primeiro escalão do governo e indicava quase sempre uma gente inepta que não conseguia exercer corretamente suas funções.



Rasputin circulava livremente pelas altas rodas da corte russa. E seus ares de homem santo não conseguiam esconder de ninguém as noites passadas em orgias regadas a hectolitros de vodca, o assunto predileto de todo mundo naquela Rússia sem revistas de fofocas. Tudo isso começou a irritar a nobreza russa. Ninguém conseguia tolerar os poderes delegados àquele monge analfabeto e dissoluto. Inclusive porque, cochichavam alguns membros do governo, o predileto da imperatriz Alexandra conspirava com a Alemanha.


A gota d'água veio com o início da Primeira Guerra Mundial. Com o czar Nicolau II na frente de combate, Rasputin virou uma espécie de primeiro-ministro. Todas as decisões passavam pelo seu crivo delirante e místico. Um grupo de nobres resolveu planejar seu assassinato. Em 28 de dezembro de 1916, o príncipe Iussupov e mais um punhado de membros da nobreza atraíram Rasputin para um jantar. Foi-lhe servido chocolate "batizado" com veneno. (Daí o nome do drinque que até hoje é servido em alguns bares: "Vingança de Rasputin", com vodca e creme de cacau...) Aparentemente a dose era pequena. Rasputin resistiu. Seus algozes, então, passaram a disparar com revólver e a atacá-lo com punhais. Mas o danado não morria. Inconformados, seus assassinos o enfiaram num saco e o arremessaram às águas frias do Neva, o rio que banha São Petersburgo. Era o fim do "monge louco". Onde o mesmo teria morrido de frio e não afogado.


Última edição por Flammus em Seg Out 24, 2011 4:25 pm, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://verdadesocultas.forumeiros.com
Flammus
Admin
avatar

Mensagens : 117
Pontos : 174
Data de inscrição : 05/10/2011
Localização : Planices do Éden

MensagemAssunto: Re: *** Rasputin ***   Seg Out 24, 2011 4:20 pm

As Pesquisas de Cook & Cullen

Segundo as investigações realizadas pelo investigador Andrew Cook e Richard Cullen, o assassinato de Rasputín ocorreu por alta trama da política internacional, cujo comando estava submetido ao serviço secreto Britânico, que já emitira o desejo de eliminar Rasputin, ao manifestar publicamente sua opinião contraria à participação da Rússia na Primeira Guerral.
(A Primeira Guerra Mundial trouxe novos contornos à atuação de Rasputin, já odiado pelo povo e pelos nobres, que o acusaram de espionagem ao serviço da Alemanha. A autópsia feita no corpo de Rasputín constatou que dos quatro disparos que o atingiram, o tiro fatal foi de uma arma utilizada por membros da polícia secreta Britânica.




[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]




Voltando a sua terra natal, Rasputin é recebido de braços abertos pelo bispo Theophan, no qual lhe abre várias portas. Mesmo sendo um homem adorado por muitos, Rasputin também tinha os seus inimigos, no qual diziam que se dedicava a orgias infernais.
Um de seus inimigos, era o Monge Iliodor, no qual um dia, mandou uma mulher até a casa de Rasputin o esfaquear. Rasputin foi esfaqueado no estomago, mas assim mesmo sobreviveu.
No ano de 1915, um boato se espalhou, a de que Rasputin se vendeu para o inimigo e de que traiu a Rússia. Sabendo deste boato, o príncipe Felix Yusupov, armou uma cilada para matá-lo. Fingindo-se de amigo e convidando Rasputin ao seu palácio, o príncipe ofereceu-lhe um prato de doces e uma taça de vinho, ambos repletos de cianeto. Rasputin comeu e bebeu, nada sentiu, riu e falou: “Vamos agora amar as ciganas?”. Assustado com tal fato, o príncipe sacou um revolver e alvejou no pescoço de Rasputin. Tentando fugir, Rasputin derruba uma porta, mas assim mesmo ainda é alvejado várias e várias vezes pelos amigos do príncipe. Ainda vivo, Rasputin teve as mãos atadas e foi enterrado vivo em um buraco no meio da neve.
“Mesmo depois de ter sido envenenado com cianeto, alvejado no pescoço e em vários lugares do corpo, Rasputin foi enterrado vivo”
No dia 20 de Dezembro, fizeram uma autópsia no corpo de Rasputin e seu coração foi retirado e armazenado na Academia de Medicina Militar. No ano de 1930, misteriosamente o coração desapareceu.
O corpo foi enterrado no dia seguinte da autópsia, porém a sepultura foi reaberta dias depois e o corpo foi removido para um enterro secreto. Mas por quem afinal?
A história não termina aqui, recentemente uma fotografia revela que Rasputin ainda vive, e com o mesmo aspecto de antigamente. Alguns estudiosos dizem que só existe uma explicação, Rasputin foi reencarnado e caminha pelas ruas livremente, como antes.




[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://verdadesocultas.forumeiros.com
Magane
interessado
interessado
avatar

Mensagens : 53
Pontos : 65
Data de inscrição : 05/10/2011

MensagemAssunto: Re: *** Rasputin ***   Seg Out 24, 2011 4:38 pm

Sempre achei a história deste Rasputin incrível, agora me pergunto, não seria de se analisar se realmente esta correta a informação de que ele foi ressucitado, e este assunto ja não cairia dentro de uma teoria de conspiração.


Como pode um coração sumir de um complexo militar sem deixar vestígios?

realmente são assuntos intrigantes.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
sayth.
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 81
Pontos : 100
Data de inscrição : 07/10/2011
Idade : 25
Localização : mundo dos morcegos

MensagemAssunto: Re: *** Rasputin ***   Qui Nov 03, 2011 11:14 am

realmente eh curioso mesmo, sei la algo que nao da pra voce responder de cara tem que haver muito estudo.

os monges tem uma sabedoria muito intrigante eles sabem de algum modo como " disfarça", eu diria que isso nao fosse impossivel porem bem dificil decifrar as artimanhas deles.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nêmesis
Curioso
Curioso
avatar

Mensagens : 17
Pontos : 20
Data de inscrição : 11/10/2011
Idade : 25
Localização : Goiás

MensagemAssunto: Re: *** Rasputin ***   Sab Nov 05, 2011 2:01 pm

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

O personagem Magaiver é inspirado nesse cara.

O que a Sayth falou é fato. Os monges possuem um conhecimento muito amplo de seus corpos... Acredito que tendo esse conhecimento, podemos ir bem além do que esperamos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: *** Rasputin ***   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
*** Rasputin ***
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Verdades Ocultas :: Mistérios do Ocultismo :: Ocultismo :: Ocultismo :: Personalidades do Oculto-
Ir para: